4 dicas valiosas para homens que estão em processo de separação

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestShare on Google+Email this to someone

Segundo dados do IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, em 2010 foram registrados 56.126 pedidos de divórcios, sendo 18.849 de forma não consensual – quando não há acordo entre as partes envolvidas. As mulheres lideraram o ranking de pedidos com 13.297 casos. Já o número de homens que tomaram a iniciativa de desfazer o matrimônio é menos da metade da quantidade de mulheres: 5.552.

Como esses números podem sugerir, muitos homens não estavam satisfeitos com a relação conjugal e tomaram a decisão da separação. Se você pretende encarar uma separação e divórcio, atente-se a esse post. Ele com certeza trará alguma informação que tem a ver com o seu caso.

A SEPARAÇÃO NÃO É O FIM DO MUNDO

Se você já passou pelo fim de um relacionamento sabe do que vou falar: sentimos muita dor ao perder aquela pessoa que esteve boa parte de sua vida ao nosso lado. Pode até ser difícil perceber isso em meio a um turbilhão de emoções, porém, a separação pode ser um santo remédio e uma nova oportunidade de vida.

O tempo, o comodismo e a rotina podem nos fazer perder a noção da vida como ela tem que ser: feliz, pra cima e com alto astral!

SE PERMITA RECOMEÇAR

Chorar pelo “leite derramado”, pelo tempo “perdido” ou qualquer coisa do tipo não irá mudar aquilo que você está vivendo. Leve tudo o que você passou nessa relação como aprendizado. Se permita refletir e ter maturidade sobre até que ponto você errou, e até que ponto o erro defitivamente não foi seu. Além do mais, os erros e acertos da relação passada irão te ajudar a construir futuras relações melhores e mais saudáveis do que a que você já teve.

Lembre-se: reconhecer um erro é sinal de maturidade!

divórcio-franzoni-advogados-03

DÊ TEMPO AO TEMPO

Pense primeiro antes de agir. Não enfie os pés pelas mãos e tentar fazer algo que definitivamente não está no momento de fazer. Talvez essa seja a melhor dica que possamos lhe dar.

Tenha força e enfrente a vida, sem que isso signifique sair atropelando o que ela tem de mais precioso: o tempo!

APROVEITE A SUA NOVA LIBERDADE

Agora que a decisão já foi tomada, aproveite para fazer tudo aquilo que seu relacionamento impossibilitou. Passeie, viaje bastante e faça tudo aquilo que deseja. Faça algo construtivo e que te permita distrair.


Você pode se interessar por:

Você sabe quanto custa um divórcio no Brasil?
Três coisas que você precisa saber antes do divórcio
Qual a diferença entre Divórcio e Separação?
Entenda definitivamente: Separação segundo o Código Civil


 

Gostou do post? Este artigo foi escrito com orientações de Larissa Franzoni, Advogada especialista em Direito de Família e Sucessões, inscrita na OAB/SC sob o nº 22.996. Caso tenhas alguma dúvida com relação ao assunto abordado, fique à vontade para escrever um e-mail: larissa@franzoni.adv.br.

LEMBRE-SE: este post tem finalidade apenas informativa. Não substitui uma consulta a um profissional. Converse com seu advogado e veja detalhadamente tudo que é necessário para o seu caso específico.